E-Sports

Jogos escolares eletrônicos em João Pessoa

Antes de mais nada, trata-se de um projeto de lei (PL) do vereador Thiago Lucena que prevê um campeonato anual de jogos escolares eletrônicos.

Essa possível boa notícia será levada em votação na câmara municipal de João Pessoa. Ainda mais, os participantes desses jogos escolares eletrônicos deverão, obrigatoriamente, estarem devidamente matriculados na rede pública municipal.

As competições poderão ser realizadas em plataforma digital, partidas online ou presenciais sincrônicas. Nesse sentido, será possível o acompanhamento das partidas por uma audiência.

Os jogos escolares eletrônicos em João Pessoa apresentarão quatro formatos:

  • Knock-out ou torneio
  • Suíço
  • Round Robin ou liga
  • Escalada

Leia também: Modalidades dos eSports, conheça as principais e mais jogadas.

Objetivos do projeto de lei

Analogamente ao projeto que tramita em esfera nacional, o projeto de lei proposto pelo Vereador Thiago Lucena traz objetivos claros e consolidados de disseminação da cultura dos jogos eletrônicos para as escolas do ensino público da capital, bem como o desenvolvimento de inovações tecnológicas e inclusão social. São eles:

  • Promover, fomentar, estimular a cidadania e a prática da modalidade esportiva denominada de eSports pelos alunos matriculados nas Escolas Municipais;
  • Propiciar aos alunos da Escola Municipal de João Pessoa a prática esportiva educativa, levando os jogadores se entenderem como adversários e não como inimigos, na origem do jogo justo (fair play), para a construção de identidades, com base no respeito;
  • Desenvolver a prática esportiva cultura, unindo, por meio de seus jogadores virtuais, alunos de diversos bairros, independentemente do credo, raça e divergência política, histórica e/ou cultural e social;
  • Combater a discriminação de gênero, etnias, credos e o ódio, que podem ser passados subliminarmente aos sujeitos-jogadores nos jogos;
  • Contribuir para a melhoria da capacidade intelectual dos alunos da rede pública municipal de ensino de João Pessoa, fortalecendo o raciocínio e a habilidade motora de seus praticantes;
  • Garantir o acesso à prática esportiva eletrônica sem quaisquer distinções ou formas de discriminação.
Leia Também: eSports em João Pessoa: Jogos eletronicos em foco

“…É inegável o potencial de inclusão social que o eSports permite, posto que as crianças e adolescentes estão cada vez mais conectado ao mundo digital e aos games e sua forma competitiva cada vez mais distante dos modelos tradicionais de esporte.
Por outro lado, apesar do Esporte Eletrônico exigir tecnologia e equipamentos propícios para sua utilização, ele atinge o público jovem desde as idades mais tenras, até as idades mais avançadas.
Além disso, ao contrário do esporte tradicional em que a decisão de tentar se profissionalizar passa pela procura por escolinhas ou peneiras de equipes amadoras e profissionais, no eSports o jogador só precisa jogar o game.” – Justificou, o Vereador Thiago Lucena no projeto de Lei

Tramitação do projeto

Antes de ir para votação definitiva, agora, o projeto de lei lido na sessão ordinária de hoje (20) no plenário da Câmara Municipal de João Pessoa, segue para Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final. Onde um relator será designado e irá proferir um parecer sobre a legalidade da matéria.

Em seguida o projeto será distribuído para as Comissões temáticas discutirem. Por fim, caso seja aprovado em todas as comissões voltará para plenário onde por maioria simples decidirão se aprovam ou não a matéria.

Então seguirá para o Poder Executivo, para sanção ou veto do Prefeito.

Ative as notificações do site. A equipe passeidelevel.com acompanhará de perto cada passo dado, cada voto proferido e trará para vocês todas as novidades.

Clique aqui para ver o projeto de lei em sua íntegra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo