Variedades

streamer explica mudança de nick e projetos futuros

O streamer, anteriormente conhecido como salgado, mudará seu nick e essa modificação significa muito mais do que parece. Em entrevista inédita ao Mais Esports, ela explica que precisa acabar com a letra “B”, que a acompanha em seus quase dez anos como criadora de conteúdo e streamer.

Imagem: Publicidade/Arquivo Privado

A gente sempre salvou o B por nostalgia, remetendo ao anterior, percebe? No entanto, há muito conteúdo legal vindo agora, que eu costumava ser muito reflexivo sobre o que eu precisava, que nick eu precisava, mas não era uma coisa completamente diferente, uma coisa que permaneceu na minha essência. É por isso que selecionamos ‘Nerissa’, que sugere ‘ninfa’ em grego, e ninfa é a identidade da minha base de fãs.

Agora Nerissa, a streamer também diz que vai entrar em outros métodos de negócios, mas “rapidamente falará em confiança ao público em geral”. O que ela poderá avançar, no entanto, é seu atual treinamento em Cultivo e Associação de Flores, desde o plantio no solo e cultivo, até a criação da associação, juntamente com o estudo de Perfumaria e Cosméticos. “Aqui está um spoiler da informação”.

Não só isso, as informações dentro da profissão contêm ajustes visíveis, iniciativas musicais, clipes, sessões de fotos e até cosplays. “Para me elevar essencialmente ao próximo nível de não apenas uma streamer, mas uma verdadeira musa. Eu nem digo artista, porque isso é muito severo, enquanto meu trabalho sempre foi muito gentil, intuitivo, agradável de fazer, então sempre me considero uma musa.”

Mas a este nível, Nerissa explica que esta seria a raiz do seu trabalho, pois como ela mesma diz: “As musas funcionam uma inspiração para todos, artistas e até colegas, é disso que preciso e estou muito entusiasmada para isso, fazer um trabalho de alta qualidade, com música de alta qualidade, tudo para a base de fãs.”

Nerissa precisa ser uma inspiração para as pessoas, idêntica ao seu novo apelido (Foto: Arquivo Privado)

Além disso, o que mais está preocupado com essa mudança de nick? “Incomodava-me supor, ainda tinha conteúdo com o apelido ultrapassado, mas referia-se a conteúdo e até mesmo uma imaturidade minha, junto com uma falta de profissionalismo que me dediquei muito, ultimamente, para variar, me poli muito como habilidoso.”

O começo

Tendo iniciado junto a sua profissão como streamer recreativa em 2013, Nerissa conta que começou ainda mais cedo, quando fazia lives em um site erótico, que apesar de não ter muita relação dentro da questão do conteúdo material, já lhe dava uma experiência de interação com o público em geral. Participante do DotA, ela entrou no League of Legends após a atual cirurgia estética, que a deixou em total relaxamento no colchão.

Aconselhei meus amigos, após o procedimento cirúrgico, que agora não poderia ficar naquele site, pois queria relaxar. Então eu economizei participando, comecei a participar do LoL e, com o tempo, avisei a eles que eu sentia falta de ficar. Nisso, eles me confirmaram uma estadia recreativa e achei maravilhoso, mas ainda assim não me vi fazendo isso.

Foi logo após se recuperar do processo que Nerissa voltou a pensar em fazer os shows dos quais participava, devido a apenas um pequeno empurrão de sua base de fãs na plataforma oposta. “Eles disseram que precisavam me ver jogar, então comecei porque meus espectadores, o que era muito diferente do que falamos, me pediram e meus amigos me saquearam.”

Independentemente disso e da fama já conquistada em equipes e comunidades dentro do orkut tardio, o início não foi simples. O bate-papo, que frequentemente interagia com feedback venenoso, foi obtido da melhor maneira e Nerissa admite que na verdade não deu muita atenção às mensagens, simplesmente para não se afetar.

Briny-Nerissa 3Imagem: Arquivo Privado

Outra questão também fez um trabalho: na época, diz a streamer, não havia área para streamers femininas e/ou streamers voltadas para o lazer. “As pessoas simplesmente precisavam ver vidas de pessoas que foram realmente boas. Muito para que a distinção de participante profissional para streamer fosse simplesmente que o profissional atuava em campeonatos, enquanto o streamer atuava apenas em permanência.”

Acredito, e imagino outros na época também, que você só precisava ter um hiperlink excessivo para transmitir. Tudo isso ficou realmente bizarro para mim, porque eu não sabia onde eu estaria, eu nem era um jogador profissional, e os streamers que eram meus amigos, como Yetz e aXt, estiveram em agressividade. Então recorri a uma faceta extra sensual e erótica, criei esse personagem para ocupar o meu lugar.

Nos dias atuais, como Nerissa já identificou, seus espectadores são completamente diferentes em comparação com 9 anos no passado. No entanto, quando isso começou a mudar? Ela diz que demorou um pouco e, antes disso, teve sua grande explosão, atribuível à divulgação feita por Gordox, na época em paiN.

Ela diz que tem havido muitos nichos dentro de seus telespectadores, junto com esses com pessoas LGBTQIA+, além disso, não havia muita paz. “Foi ódio de todos os lados, acredito que só senti afeição dos fãs depois que fui para o Facebook, quase três anos atrás. Certo, houve membros da família em Azubu, depois que cheguei aqui novamente no Twitch, mas ainda assim foi bizarro. ”

Mesmo com alguns contatos construtivos esporádicos, o Fb realmente foi um marco para Nerissa.

Nerissa e Fb

A trajetória da streamer na nova plataforma de jogos do Fb começou de forma muito eficaz, o que chocou até ela. Nerissa diz que não imaginava que poderia alcançar mais do que tinha antes, então abraçou a chance na nova plataforma, exatamente em um momento em que o posicionamento era mais restrito sobre conteúdo e até discursos de streamers.

As pessoas podem ver uma outra faceta minha, um outro tipo de material de conteúdo, então isso me fez desenvolver profissionalmente, foi realmente bom para mim. Eu havia chegado a um platô, então não havia opção para transcender isso […] o fator sofisticado é que meus espectadores sempre solicitavam extras e eu não sabia mais o que fazer, pois alguns videogames não rodavam efetivamente na plataforma, e isso me atinge, eu costumava estar nessa unidade de não perceber o que fazer, é um público muito particular que eu tenho enquanto falamos.

No entanto, agora ela tem informações que ainda podem ser apresentadas, mas apenas o tempo dirá como seus espectadores responderão a isso, mas pode-se acreditar que será de uma maneira muito construtiva. Veremos quando uma peça é finalizada com estilo e prazer, isso impacta em sua qualidade final e também na recepção do público em geral, principalmente por gostar do criador por sua essência.

Um fator é certo: Nerissa deixa Briny e Queen B para trás e inicia uma nova página na web em sua jornada de quase uma década, durante a qual ela não quer se ater a idéias para pesquisar sua área, como resultado de agora a área é dela, agora é tanto quanto ela. somente ela mesma decide o que fazer com isso.

Artigo feito em colaboração com Eric Teixeira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo